Menu
20 Set Aberta 14–19h

Baginski

Felipe Arturo

FELIPE ARTURO (Bogotá, 1979) vive e trabalha em Bogotá.

Felipe Arturo é arquitecto e artista e a sua prática integra elementos do urbanismo, arquitectura e arte, em articulação com a política, história, geografia e economia. Os seus trabalhos e projectos materializam-se em escultura, instalação e vídeo, partindo de conceitos como a estrutura, a sequência e a matéria. A arquitectura vernacular e as técnicas de construção que reflectem processos de assimilação e resistência colonial e pós-colonial influenciam fortemente o seu trabalho.

Formado em Arquitectura pela Universidade de Los Andes de Bogotá em 2002 e mestre pela Columbia University School of the Arts, Nova Iorque, em 2007. Actualmente, é Professor Associado de Artes Plásticas na Universidade Jorge Tadeo Lozano em Bogotá.

Entre 2011-2012 fez parte da equipa curatorial de La cooperativa, 14 Salón Regional de Artistas da Colômbia.

Das várias exposições individuais destacam-se Trópico Entrópico, 1st International Biennial of Contemporary Art; Cartagena de Índias, Colômbia (2014); Bienal do Arte Naif in Piracicaba, São Paulo, Brasil (2012).

Das exposições colectivas mencionam-se Beyond the Supersquare, curadoria de Maria Ines Rodriguez e Holly Block, Bronx Museum, Nova Iorque, EUA (2014); Nouvelles Vagues, Palais de Tokyo, Paris, França; Trópico Entrópico, Lugar a Dudas, Cali, Colômbia; 43 Salón (inter) Nacional de Artistas, Medellín, Colômbia (2013); Mientras sea possible, Casa de America, Madrid, Espanha (2010); The Happiness of Objects, Sculpture Center, Nova Iorque, EUA, (2007);  Nuevos Nombres, Biblioteca Luis Angel Arango, Bogotá, Colômbia (2005).

O seu trabalho encontra-se representado em colecções internacionais como Jumex Collection (Cidade do México, México); Museo Amparo (Puebla, México); Colección Art Nexus (Bogotá, Colômbia); Colección Patricia Phelps de Cisneros (Nova Iorque, EUA; Caracas, Venezuela); Colección Suramericana (Medellín, Colômbia); Colección Banco de la República (Bogotá, Colômbia); Kadist Art Foundation (San Francisco, EUA).