Menu
20 Out Aberta 14–19h

Baginski

Nuno Nunes-Ferreira

Nuno Nunes-Ferreira (Lisboa, 1976) vive e trabalha em Santarém, Portugal.

Concentrando-se maioritariamente nos conceitos de tempo, passado e memória, a sua produção artística envolve habitualmente a recolha de imagens de episódios históricos a partir de jornais, revistas e publicações antigas. Imagens que acaba por utilizar como fontes e meios para o seu trabalho através da procura de elementos de beleza estética no carácter visivelmente cruel das mesmas.

Nuno Nunes-Ferreira expõe desde 2000, destacando-se das suas exposições individuais: Circa Diem, na Galeria Appleton Square em Lisboa (2015); A cuca ajuda a UPA, a Nocal ajuda PORTUGAL!, na Miguel Justino Contemporary Art, Lisboa (2015); Fósiles e Acta Diurna na Galeria pazYcomedias, em Valência, Espanha (2014 e 2011); El Puente de la Vision, no Museo de Arte Moderno y Contemporaneous de Santander y Cantabria, Espanha (2011); Matriarca e Xicuembo xanhaca na Galeria Jorge Shirley em Lisboa (2009 e 2006) e Déja Vu e Nightmares, na Galeria Eva-Maria Hill, Estugarda, Alemanha (2003 e 2000).

O seu trabalho é também parte de diversas Colecções, incluindo a Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa; Fundação EDP, Lisboa; Instituto Valenciano de Arte Moderno, Espanha; Museo de Arte Moderno y Contemporáneo de Santander, Espanha; Fundação Focus ABengoa e Fundação Sorigué, Espanha; Colecção Figueiredo RIbeiro; Colecção Navacerrada; Liberty Seguros; Câmara Municipal de Sintra, entre outros.